fbpx

Instituto Aria

BLOG

Odontologia legal: quais as áreas de atuação e por que escolher essa especialização?

Você conhece a Odontologia legal? Sabe quais as áreas de atuação desse profissional e como você pode estruturar a sua carreira através dessa especialização? Se a resposta for não, continue lendo esse blog para descobrir!

Para que serve a Odontologia legal?

A Odontologia legal é uma especialidade que tem como principal objetivo fornecer esclarecimentos técnicos à Justiça referentes aos conhecimentos da Odontologia e de suas diversas especialidades.​

A especialidade tem seus fundamentos regulamentados na Seção IV, artigo 54, da Resolução nº 185, estabelecidos pelo Conselho Federal de Odontologia (em 26 de abril de 1993).​

Em seu parágrafo único, o artigo deixa claro que a especialidade está restrita à análise, à perícia e à avaliação de eventos relacionados com a área de competência do cirurgião-dentista podendo, caso as circunstâncias exijam, estender-se a outras áreas, se disso depender a busca da verdade, no estrito interesse da justiça e da administração.​

A Odontologia legal está intimamente ligada à Justiça e o profissional dessa área pode atuar em diversas esferas: cíveis, criminais e trabalhistas, além de processos éticos e administrativos.​

Quais as áreas de atuação do profissional?

Dentro dessas esferas mencionadas acima, o profissional especializado na área pode atuar de diversas maneiras, listamos algumas a seguir:​

Na área cível, o perito pode atuar em casos de pacientes contra profissionais no que diz respeito a supostas falhas ou também em casos em que o profissional aciona o paciente para receber os devidos honorários. Além disso, o perito também pode ser convocado para casos de estimativa de idade para a produção de documentação inexistente, como nos casos de crianças de lares adotivos, por exemplo.​

Na área criminal, o perito pode atuar em diversos processos de identificação humana, em casos de acidentes coletivos, crimes ou situações em que os corpos estejam carbonizados, em estado avançado de decomposição ou mesmo esqueletizados.​

Quando falamos em desastres coletivos, os métodos eleitos para a identificação humana incluem: análise odontológica, DNA e análise de impressões digitais, a depender de cada caso especificamente.​

O perito também pode ser solicitado para estimar a idade em casos de averiguação de maioridade, para avaliar marcas de mordidas em cenas de crime ou mesmo maus tratos a crianças, por exemplo.​

Na área trabalhista, o perito em Odontologia legal pode ser solicitado para avaliar casos de doenças bucais relacionadas ao processo laboral.​

Já no âmbito administrativo, as perícias são relacionadas a auditorias realizadas dentro de operadoras de planos odontológicos, em que os peritos podem avaliar os procedimentos clínicos realizados pelos profissionais conveniados, entre outras possibilidades.​

Existe também outra oportunidade de atuação para o especialista em Odontologia legal, nas perícias éticas, que são realizadas internamente nos conselhos de classe do profissional e os cirurgiões-dentistas podem ser julgados por suas respectivas condutas.​

E você, já pensou em investir nessa carreira? Tem pensado na estabilidade de um concurso público?​

Nós, do Instituto Aria, podemos te auxiliar nessa trajetória! Oferecemos uma especialização completa, que tem por objetivo formar novos especialistas em Odontologia legal, com os conhecimentos necessários para a prática pericial e para o ingresso nas carreiras policiais mediante concurso público.​

É o curso mais completo do Distrito Federal, aliando prática e conteúdo como em nenhum outro lugar.​

Mande mensagem pelo WhatsApp