fbpx

Instituto Aria

BLOG

Cirurgia guiada: mais previsibilidade e segurança para você e seu paciente

Você sabe o que é a cirurgia guiada?

A busca pela otimização das técnicas cirúrgicas, o avanço das tomografias computadorizadas e a consolidação das técnicas de impressão tridimensional culminaram com o desenvolvimento de uma nova filosofia de reabilitação com implantes: a cirurgia guiada. A qual, além de trazer benefícios para o clínico, também vai de encontro a uma maior preferência e demanda por parte dos pacientes quanto às alternativas de tratamento minimamente invasivas.

E quais vantagens que ela pode proporcionar para você e seus pacientes?

Em razão do conhecimento prévio da futura resolução protética e sua relação com as estruturas anatômicas adjacentes, é possível, além de selecionar o melhor implante e sua posição, escolher componentes, realizar provisórios e aplicar a provisionalização imediata de forma previsível em casos selecionados. A cirurgia guiada tem por benefício otimizar o planejamento, por determinar a posição espacial das estruturas anatômicas, reduzindo riscos cirúrgicos, tornando a execução cirúrgica simplificada, rápida, de menor morbidade e com reprodutibilidade.

No conceito de cirurgia guiada podemos implementar diferentes objetivos restauradores: planejamento reverso digital ou analógico, implantes na posição 3D ideal, distribuição e angulação dos implantes em casos múltiplos e seleção adequada de pilares, dessa forma, reduzindo a chance de erros e improvisações, o que acaba por facilitar também as etapas protéticas subsequentes.

Para o paciente, os principais benefícios são um menor tempo de cadeira, menor desconforto pós-operatório, maior segurança e resultados reabilitadores otimizados. Quando comparamos com a técnica tradicional, os implantes instalados por meio da cirurgia guiada requerem um investimento e uma curva de aprendizado, no entanto, permitem um melhor resultado clinico, no sentido de eliminar erros e sistematizar a reprodutibilidade dos tratamento com sucesso, longevidade e maior tranquilidade.

E o que é necessário para sua realização?

Para o planejamento para cirurgia guiada de implantes é necessário a soma dos seguintes itens:

  • Arquivos DICOM, provenientes da tomografia computadorizada volumétrica, de preferência com protocolo para visualização de tecidos moles;
  • Arquivos STL, escaneamento intra-oral  (IOS);
  • Software de planejamento, o qual faça a fusão (matching) das imagens DICOM (CBCT) com os arquivos .STL(IOS);
  • Enceramento reverso, digital ou analógico, para determinar a melhor posição do implante em relação à coroa;
  • Planejamento digital do posicionamento dos implantes, realizado no software de planejamento;
  • Impressão da guia cirúrgica para os implantes guiados.

Cirurgia guiada moderna

Inicialmente, a cirurgia guiada foi concebida acompanhando o conceito Flapless (sem retalho), o que trazia como vantagens: menor desconforto do paciente, menor dor, menor sangramento, menor inflamação, sem necessidade de sutura e, consequentemente, procedimentos mais rápidos e períodos de cicatrização mais breves.

No entanto, com a prática clínica, bem como o melhor entendimento do funcionamento da cirurgia guiada e do princípios que norteiam a Implantodontia, a cirurgia guiada sem retalho acaba sendo utilizada apenas em situações em que exista suficiente mucosa queratinizada e suficiente volume ósseo, o que infelizmente não é a nossa rotina clínica.

A cirurgia flapless, por apresentar menor visibilidade e controle de tato diminuído, deve ser utilizada em casos bem selecionados e por profissionais com experiência em cirurgia guiada. Atualmente, a cirurgia guiada tem sido associada a cirurgias com retalho, permitindo melhor manejo dos tecidos moles, tanto em espessura quanto em mucosa queratinizada, e também associada aos procedimentos regenerativos ósseos. Dessa forma, a cirurgia guiada proporciona um ótimo posicionamento do implante, sem negligenciar os cuidados necessários com os tecidos moles e duros, essenciais para um sucesso a longo prazo.

E quais as vantagens?

  • Facilidade de planejamento e comunicação multidisciplinar;
  • Correto posicionamento tridimensional dos implantes com otimização dos resultados protéticos;
  • Redução da morbidade e do uso de medicamentos;
  • Máxima previsibilidade de resultados a partir de um planejamento virtual;
  • Menor tempo de cadeira;
  • Cirurgia rápida e precisa.

A técnica de prototipagem, bem como a de cirurgia guiada, representa a nova era da Implantodontia, trazendo benefícios não apenas aos cirurgiões-dentistas, mas também aos seus pacientes. Os procedimentos atingem máxima precisão e previsibilidade com o auxílio de um software de planejamento virtual em que resultados protéticos são previamente apresentados ao paciente.

Prepare-se para todas as tecnologias envolvidas na Implantodontia e incorpore a cirurgia guiada por computador à sua rotina clínica.

Mande mensagem pelo WhatsApp